SIBSIB

Inauguração Ateliê Bináh

Stela Barbieri e o associado da SIB Fernando Vilela convidam para a inauguração do ATELIÊ BINÁH.

Levem suas famílias e amigos para uma tarde com bebidinhas e quitutes com a seguinte programação:

> Apresentação de histórias de Stela Barbieri, ilustradas ao vivo por Fernando Vilela.

> Lançamento do site  A história vai começar, com vídeos de apresentação de histórias.

> Oficina de artes para crianças com Stela Barbieri, Helenira Paulino e Mariana Galender.

> Ateliê aberto.

> Samba ao cair da tarde.

Web

O QUE: ATELIÊ BINÁH é um lugar de invenção e encontro em arte, educação, literatura, música e outras linguagens. Neste espaço você pode encontrar cursos, oficinas, palestras e apresentações para crianças, jovens e adultos; orientação de artistas, assessorias para escolas, museus, professores, educadores sociais e grupos de criação colaborativa. No local também estão os ateliês dos artistas Stela Barbieri e Fernando Vilela.

QUANDO: Sábado, 02 de agosto, das 15h00 às 19h00

ONDE: Rua Bento Vieira de Barros, 181  Vila Romana  São Paulo  SP

(acesso pela Rua Jamil Safady, travessa da Rua Aurélia)

* Dica: Para chegar ao Ateliê Bináh, da Rua Cerro Corá desça a Rua Aurélia, entre na segunda à direita na Rua Jamil Safady e vá até o final, número 181

__________________________________________________________________________________________________________________________________

Stela Barbieri é paulista, nasceu em Araraquara em 1965. Artista plástica, educadora, escritora e contadora de histórias. É curadora do Educativo da Bienal de Artes de São Paulo desde a 29ª Bienal de Arte. Em 2011, implementou o educativo permanente da Fundação Bienal e realizou a curadoria educativa da exposição “Em nome dos artistas”. E em 2012 realizou a curadoria do Educativo da 30ª Bienal – Iminência das poéticas e em 2013, esteve à frente do Educativo na exposição 30X Bienal.
Foi diretora da Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake de 2002 a 2014, onde dirigiu a coordenação dos núcleos para professores, crianças e jovens, atendimento ao público e núcleo de cursos – Espaço do olhar. Realizou a coordenação das publicações do educativo e de apoio as exposições.

É assessora de artes da educação infantil e ensino fundamental (ciclo 1) na escola Vera Cruz e prestou assessoria nas escolas Castanheiras e Nossa Senhora das Graças.

Em dezembro de 2012, Stela Barbieri aceitou o convite para fazer parte do Conselho Consultivo do PGECC – Programa Gulbekian Educação para a Cultura e Ciência, de Lisboa, Portugal.
Realiza narrativas de contos autorais e da tradição oral. Já se apresentou em diversos espaços Culturais tais como: SESC Vila Mariana, SESC Pompéia, SESC Santo André, Sala São Paulo entre outros. Autora de livros infanto juvenis publicou vinte livros entre eles: A menina do fio e o Bumba meu boi pela editora Martins Fontes, Simbá o marujo pela editora COSAC, Como surgiram os vaga-lumes pela Scipione.

Assessora em arte educação para instituições e projetos culturais, como o projeto Escola no Cinema do Espaço Unibanco de Cinema, onde atuou por mais de dez anos.

Como artista plástica, trabalha com obras oficinas, convidando as pessoas com os espaços que constrói a realizar ações sinestésica em diversos espaços e situações com materiais, como látex, vidro, pigmentos, areia, cera de abelha e argila. Parte de percepções e imagens que, por meio de sua ação, vão se transformando. A partir de 1990, começou a expor profissionalmente  e tem exposto regularmente em espaços institucionais como museus e centros culturais no Brasil e no exterior.

Alguns de seus trabalhos podem ser vistos no site www.stelabarbieri.com.br

Fernando Vilela é artista plástico, escritor, ilustrador, designer e professor. Ministra palestras e cursos de arte e ilustração, além de escrever e ilustrar livros infantis e juvenis, publicados em sete países. Em 2005 e 2007, participou da Bienal Internacional de Ilustração de Bratislava, na Eslováquia, e em 2008 da Ilustrarte, em Portugal. Realizou ainda exposições em diversos países e, em 2012, expôs na Pinacoteca do Estado de São Paulo. Seus trabalhos estão em importantes acervos, como o do MoMA em Nova York. Escreveu e ilustrou quinze livros infantojuvenis, dos quais o primeiro, Lampião e Lancelote (2006), recebeu em 2007 Menção Honrosa na categoria Novos Horizontes, na Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha, e dois Prêmios Jabuti e teve 3 livros incluídos no Catálogo White Ravens.
As ilustrações de Bumba meu boi foram feitas com desenho, colagem, pintura a nanquim, xilogravura e carimbos de borracha, produzidos pelo próprio artista. Fernando utilizou o computador para montar as imagens aplicar algumas cores. Se inspirou em festas do Bumba meu boi que frequentou, em fotografias e pesquisas. Nesta segunda edição, Vilela recriou as ilustrações do livro em grande formato buscando novas relações gráficas entre as imagens e o texto.

Alguns de seus trabalhos podem ser vistos no site www.fernandovilela.com.br

Comments are closed.

SIB NEWS

O autor-ilustrador Orlando Pedroso lança o livro GORDINHAS, com prefácio da cartunista e chargista Laerte. Dia 28/11, às 19h30 no Bar Genial, na Vila Madalena, na capital paulista. Convite feito!


O ilustrador, infografista e designer gráfico Caco Bressane atesta o quanto é enriquecedor colaborar com projetos profissionais que envolvem um time de colaboradores. Algumas dessas demandas podem fortalecer os…


Alexandre Rampazzo e Mauricio Negro convidam para o bate-papo e autógrafos dos respectivos lançamentos no sábado, 18/11, às 17h00, na 5º edição da Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra, na Faculdade Zumbi dos Palmares, na capital paulista. Às 14h00 Negro também participa da mesa “Depois que o Samba é Samba” com Paulo Lins, Martinho da Vila, João Batista de Medeiros Vargens e Duca Rachid, com mediação de Chiquinho de Assis. Compareça!


Exposição de artes gráficas na programação oficial do CEDHU Piracicaba. Artistas brasileiras e estrangeiras mostram suas produções no âmbito das comemorações e reflexões do Dia Internacional da Mulher. Inscrições abertas!


Que tal desenhar, escrever e um pouco mais enquanto se encanta pela paisagem da Chapada Diamantina? Confira aqui e veja como participar dessa rara experiência!


ver todos