SIBSIB

WP_Query Object ( [query_vars] => Array ( [paged] => 2 [tag] => lancamento [error] => [m] => [p] => 0 [post_parent] => [subpost] => [subpost_id] => [attachment] => [attachment_id] => 0 [name] => [static] => [pagename] => [page_id] => 0 [second] => [minute] => [hour] => [day] => 0 [monthnum] => 0 [year] => 0 [w] => 0 [category_name] => [cat] => [tag_id] => 50 [author] => [author_name] => [feed] => [tb] => [comments_popup] => [meta_key] => [meta_value] => [preview] => [s] => [sentence] => [fields] => [menu_order] => [category__in] => Array ( ) [category__not_in] => Array ( ) [category__and] => Array ( ) [post__in] => Array ( ) [post__not_in] => Array ( ) [tag__in] => Array ( ) [tag__not_in] => Array ( ) [tag__and] => Array ( ) [tag_slug__in] => Array ( [0] => lancamento ) [tag_slug__and] => Array ( ) [post_parent__in] => Array ( ) [post_parent__not_in] => Array ( ) [author__in] => Array ( ) [author__not_in] => Array ( ) [ignore_sticky_posts] => [suppress_filters] => [cache_results] => 1 [update_post_term_cache] => 1 [update_post_meta_cache] => 1 [post_type] => [posts_per_page] => 6 [nopaging] => [comments_per_page] => 50 [no_found_rows] => [order] => DESC ) [tax_query] => WP_Tax_Query Object ( [queries] => Array ( [0] => Array ( [taxonomy] => post_tag [terms] => Array ( [0] => lancamento ) [include_children] => 1 [field] => slug [operator] => IN ) ) [relation] => AND ) [meta_query] => WP_Meta_Query Object ( [queries] => Array ( ) [relation] => ) [date_query] => [post_count] => 6 [current_post] => -1 [in_the_loop] => [comment_count] => 0 [current_comment] => -1 [found_posts] => 23 [max_num_pages] => 4 [max_num_comment_pages] => 0 [is_single] => [is_preview] => [is_page] => [is_archive] => 1 [is_date] => [is_year] => [is_month] => [is_day] => [is_time] => [is_author] => [is_category] => [is_tag] => 1 [is_tax] => [is_search] => [is_feed] => [is_comment_feed] => [is_trackback] => [is_home] => [is_404] => [is_comments_popup] => [is_paged] => 1 [is_admin] => [is_attachment] => [is_singular] => [is_robots] => [is_posts_page] => [is_post_type_archive] => [query_vars_hash] => 9fa4c89606169b3a7f57a5b52d3faa6c [query_vars_changed] => [thumbnails_cached] => [stopwords:private] => [query] => Array ( [paged] => 2 [tag] => lancamento ) [queried_object] => stdClass Object ( [term_id] => 50 [name] => lançamento [slug] => lancamento [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 52 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 23 [filter] => raw ) [queried_object_id] => 50 [request] => SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS sib_posts.ID FROM sib_posts INNER JOIN sib_term_relationships ON (sib_posts.ID = sib_term_relationships.object_id) WHERE 1=1 AND ( sib_term_relationships.term_taxonomy_id IN (52) ) AND sib_posts.post_type = 'post' AND (sib_posts.post_status = 'publish') GROUP BY sib_posts.ID ORDER BY sib_posts.post_date DESC LIMIT 6, 6 [posts] => Array ( [0] => WP_Post Object ( [ID] => 9110 [post_author] => 20 [post_date] => 2015-11-03 21:58:11 [post_date_gmt] => 2015-11-03 23:58:11 [post_content] =>

Caderno-de-rimas-do-Joo

Lázaro Ramos, 37 anos, tá com tudo e agora também tá prosa. Ou melhor, poesia. Atualmente na pele de Mister Brau, na TV; de Martin Luther King, no teatro (ambos ao lado da mulher Taís Araújo); de Nenê, no filme Mundo Cão; de um violinista, no filme Tudo que aprendemos juntos; e agora também de pai, na vida real e nas páginas do livro Caderno de Rimas de João, com ilustrações e projeto gráfico do SIB associado Mauricio Negro.

Inspirado pelo filho João, o ator, diretor, apresentador e autor feito criança investiga as palavras e seus significados. João descobre com a prima Bela a brincadeira de rimar. A partir de então, decide sempre rimar para falar. E assim, de um jeito colorido, segue aprendendo certas coisas da vida. O autor/protagonista monta assim um breve dicionário afetivo, onde cabem reminiscências de infância, família, valores, política, amor, música, vida, saudade, literatura, morte, entre outros assuntos.

Em  Caderno de Rimas de João, cada verso em cada página é acompanhado por vívidas ilustrações. A narrativa imagética criada por Negro potencializa os muitos sentidos de cada verbete.

(…)

A Pallas Editora, a Saraiva, Lázaro Ramos e Mauricio Negro convidam para o lançamento em São Paulo de

Caderno de rimas do João

Texto de Lázaro Ramos

Ilustrações de Mauricio Negro

Neste primeiro livro do autor e ator publicado pela Pallas Editora, o menino João encanta os leitores com sua rimas espontâneas, temas diversos, humor e ternura. Descobra como João pode rimar contigo também!

  • Código: 2421
  • Edição: 1
  • Páginas: 40
  • ISBN: 978-85-347-0533-2
  • Idioma: Português
  • Formato: 20,5 X 25,5cm
CADERNO DE RIMAS  
[post_title] => Caderno de Rimas do João [post_excerpt] => Lançamento pela Pallas do segundo livro do ator, diretor, apresentador e autor Lázaro Ramos, com ilustrações e projeto gráfico do SIB associado Mauricio Negro. Sábado, 07/11, a partir das 11h00, na Saraiva do Shopping Higienópolis, na capital paulista. Até lá! Axé! [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => caderno-de-rimas-do-joao [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-11-03 22:10:05 [post_modified_gmt] => 2015-11-04 00:10:05 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=9110 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [1] => WP_Post Object ( [ID] => 8936 [post_author] => 20 [post_date] => 2015-10-09 20:32:52 [post_date_gmt] => 2015-10-09 23:32:52 [post_content] =>

A ilustradora e ex-conselheira da SIB Jinnie lança o álbum em quadrinhos Selena e suas questões.

Quantas mulheres existem dentro de uma mulher?
Quantas histórias existem dentro de uma história?
Descubra Selena, suas múltiplas faces e escolhas.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

arte_avulsa

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Jinnie Anne Pak atua como ilustradora há 24 anos, principalmente para grandes agências de propaganda. Além de assinar storyboards, concept boards e artes-finais, também atende o segmento editorial, sobretudo ilustrando obras didáticas. Jinnie também foi membro do conselho gestor da SIB por vários anos.

[post_title] => Selena [post_excerpt] => Lançamento do álbum em quadrinhos da ilustradora e ex-conselheira da SIB Jinnie Anne Pak. Sábado, 10/10, às 19h00, na Pizzaria Prestíssimo, nos Jardins, em São Paulo. Sejam bem-vindos(as)! [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => lancamento-selena [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-10-09 22:56:09 [post_modified_gmt] => 2015-10-10 01:56:09 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=8936 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [2] => WP_Post Object ( [ID] => 8353 [post_author] => 20 [post_date] => 2015-07-06 09:59:26 [post_date_gmt] => 2015-07-06 12:59:26 [post_content] =>  
capa BAP
Noite de autógrafos com Baptistão, aberta ao público, comemorando os seus 30 anos de carreira! 

A Reference Press a todos convida para o lançamento – na terça-feira, 07/07, a partir das 19h00 – de mais um precioso projeto editorial: The art of Baptistão_30 anos, dedicado a um dos mais consagrados e premiados ilustradores do Brasil, o associado da SIB Eduardo Baptistão. O livro The art of Baptistão_30 anos, que pretende celebrar os seus 30 anos de carreira, traz os seus mais notáveis trabalhos, com a tradicional qualidade editorial da casa, ao longo de 72 páginas coloridas, no formato 30 cm X 21,5 cm e impressão caprichada.


Reference Press is back with another great project, this time with the book of one of the best Brazilian illustrators, Eduardo Baptistão, celebrating his 30th year career. The book brings his best and most notable artworks throughout his career, in a book with the quality of Reference Press, 72 color pages, size 30 cm X 21.5 cm, with high quality print.


O QUE: lançamento The art of Baptistão_30 anos 

QUANDO: terça-feira, 07/07, a partir das 19h00

ENTRADA LIVRE E GRATUITA

Avenida Pompeia, 520 Pompeia - Oeste São Paulo
 
 
 

2bcartaz
  [post_title] => The art of Baptistão: 30 anos [post_excerpt] => A Reference Press convida a todos para celebrar as três décadas de atividade do associado da SIB Baptistão. Lançamento nesta terça-feira, 07/07, a partir das 19h00, na Galeria Ornitorrinco, SP. [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => lancamento-baptistao-30-anos [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-07-06 10:23:30 [post_modified_gmt] => 2015-07-06 13:23:30 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=8353 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [3] => WP_Post Object ( [ID] => 7431 [post_author] => 20 [post_date] => 2015-03-19 21:40:43 [post_date_gmt] => 2015-03-20 00:40:43 [post_content] =>
BILL convite
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________ O QUE: Lançamento da revista BILL, de João Pinheiro QUANDO: sexta-feira, 20/03, às 20h00
ONDE: Monkix - Rua Harmonia, 150 - Loja 3
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Trata-se de uma revista dedica ao escritor americano William S. Burroughs: visionário, satírico, ácido, politico, junky, beatnik, um dos maiores gênios da literatura americana do pós guerra. Histórias em quadrinhos (89%) e textos. Se “a linguagem é um vírus”, como afirmou o próprio Burroughs, a publicação é uma nova virose. Com a colaboração dos ilustres amigos da Interzona: Antonio Eder, Batata Sem Umbigo, Carol Sakura, Daniel Gise, Diego Aguiar Vieira, José Luis Salvador, Mariana Waechter, Pedro Mancini, Ricardo Rodrigues, Wagner Rocha e Walkir Fernandes.
"O PROJETO BILL começou por acidente. Como a maioria das coisas legais acontecem. O maldito Sr. Burroughs me pegou no contrapé, quando achava que tudo o que EU tinha para dizer sobre os Beats já o tinha feito na biografia em quadrinhos do Jack Kerouac. Acho que conscientemente eu tentava me afastar desses caras. Eles me acompanhavam desde os 16 anos, eu estava de saco cheio deles. Foi por acidente que encontrei em um sebo o livro REVOLUÇÃO ELETRÔNICA do Burroughs, uma espécie de ensaio, ficção e livro de receitas. Nele, William Burroughs parte de um princípio: o ser humano está contaminado por um vírus - a palavra. "A palavra em si pode ser um vírus que atingiu uma situação permanente no hóspede", ou seja, o ser humano está contaminado, mas esta infecção não se apresenta como maligna, a princípio. Há uma espécie de simbiose: o vírus sobrevive, o hóspede sobrevive. Mas o vírus foi sofrendo mutações à medida que o homem foi evoluindo e a linguagem foi ganhando novos contornos até que, nos dias atuais, se transformasse em uma arma de poder. Como assim? É simples. A difusão da palavra pode, obedecendo a várias técnicas, desencadear determinadas reações. Ou seja, o poder da palavra não é o de "poder fazer", mas sim o seu supremo hierárquico, o "poder de fazer fazer". Através da elocução e de várias técnicas do domínio do discurso, associadas a estratégias bem montadas de difusão de mensagens, as palavras podem controlar multidões, criar um sistema e sustentá-lo, imutável, mantendo no poder os donos da palavra: "Os sacerdotes (...) fundaram um universo hermético de que eram os controladores axiomáticos. Ao fazê-lo tornaram-se (...) o Medo e a Dor, a Morte e o Tempo", escreve o autor. Burroughs propõe então que se questione o sistema e a sua infalibilidade. E é neste ponto que a eletrônica e a palavra, unidas, podem funcionar como armas de destruição do sistema que elas próprias sustentavam, subvertendo as suas funções. A principal receita sugerida por Burroughs consiste na utilização da técnica do corte e montagem, o "cut-up". Esta técnica implica a utilização de meios de gravação e difusão áudio e vídeo, ou seja, os mesmos que são utilizados para "controlar as massas", os "mass media". Assim, sem que me desse conta, logo estava envolto pela imagem ossuda e obra desse alienígena invasor de mentes que é o Bill. Eu era refém dos Beats novamente. Nasceu o projeto Bill. Outros malucos se juntaram a mim nessa empreitada, mergulharam na Interzona e juntos trocamos muitas viroses simbólicas. Graças a todos esses tipos suspeitos, agora está pronta a versão impressa da revista, objetivo do projeto desde o início. O que o futuro nos reserva? Agredecimentos especiais a todos que participaram direta ou indiretamente do projeto (espero não esquecer ninguém): Carlos Ferreira, Floriano Martins, Claudio Willer, Guilherme Ziggy, Ikaro Max,Dario Fantacci, Cleber Gazana, Yves Budin, Antonio Amaral, João Pirolla,Podre de Rosa, Raphael Fernandes, Marcelo Monteiro, Pablo Conde, Wagner Willian, Junior Lopes, Eric Moreira, Michelle Henriques, TW Jonas e a Sirlene Barbosa que aguenta minhas "loucuras". *Também estou finalizando uma HQ longa, intitulada provisoriamente de Burroughs, sobre a obra do dito cujo, a ser lançada pela editora Veneta do grande Rogério de Campos. Esse vírus é mesmo poderoso. Cuidem-se. Faltam três dias para o lançamento. ...fim da transmissão…" João Pinheiro Bill 2

 

[post_title] => Bill [post_excerpt] => Lançamento do associado da SIB João Pinheiro: uma HQ sobre William S. Burroughs. Sexta-feira, 20/03, às 20h00, Monkix - Rua Harmonia, 150 - Loja 3, em São Paulo. [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => bill [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-03-19 21:46:06 [post_modified_gmt] => 2015-03-20 00:46:06 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=7431 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [4] => WP_Post Object ( [ID] => 6958 [post_author] => 20 [post_date] => 2015-01-30 17:22:48 [post_date_gmt] => 2015-01-30 19:22:48 [post_content] =>

A Poetisa Editora e a Livraria Cultura convidam todos para o lançamento!

Esta Bela e a fera é o livro de estreia da editora no mercado editorial. Um bela edição, com tradução apurada e fiel, e magnificamente ilustrada pelo associado da SIB Laurent Cardon. É uma oportunidade de ler, em português, a célebre versão de Jeanne-Marie Leprince de Beaumont de 1756 (feita a partir do conto de Gabrielle-Suzanne Barbot, Dama de Villeneuve, em 1740), que gerou várias adaptações para o cinema, versões editoriais, peças de teatro e musicais.

bela

______________________________________________________________________________________________________________________________________
O QUE: Bela e a Fera
de Jeanne-Marie Leprince de Beaumont
tradução de Marie Hélène C. Torres
ilustrações de Laurent Cardon

QUANDO: Domingo, 1° de fevereiro, às 18h00

ONDE: Livraria Cultura

Avenida Nações Unidas, 4.777 - Piso 2 - Loja 245 Jardim Universidade Pinheiros - 05477-000 São Paulo - SP Tel.: +55 11 3024-3599 Fax.: +55 11 3024-3570

MAPA

______________________________________________________________________________________________________________________________________

fera

Idioma: português

Encadernação: Brochura

Edição: 1ª

Ano de Lançamento: 2014

Número de páginas: 56

Editora: Poetisa

Fonte: Editora Poetisa ______________________________________________________________________________________________________________________________________

[post_title] => Bela e a fera [post_excerpt] => Lançamento da clássica história de Jeanne-Marie Leprince de Beaumont, com ilustrações do associado da SIB Laurent Cardon, pela Poetisa Editora. Neste domingo, 01/02, às 18h00, na Livraria Cultura do Shopping Villa Lobos, em São Paulo. [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => bela-e-a-fera [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-01-30 17:38:58 [post_modified_gmt] => 2015-01-30 19:38:58 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=6958 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [5] => WP_Post Object ( [ID] => 6519 [post_author] => 20 [post_date] => 2014-12-03 16:13:53 [post_date_gmt] => 2014-12-03 18:13:53 [post_content] =>

Cortar ou não cortar o texto do clássico romance do mestre Guimarães Rosa? O associado da SIB Guazzelli teve de enfrentar o tinhoso já desde o primeiro desafio.

Guazzelli assina o roteiro da luxuosa versão em quadrinhos de Grande sertão: veredas, ilustrada pelo também associado da SIB Rodrigo Rosa, cuja edição de colecionador numerada (são 7 mil exemplares de tiragem) é lançada pela Globo Livros. A publicação em quadrinhos será vendida somente pela Livraria Cultura, graças a um acordo de exclusividade entre a rede livreira e a editora. Porém, mais adiante, pretende-se uma edição comercial.

Convite

O pecado capital, afirma Guazzelli, seria não alcançar a fidelidade à obra de Rosa. Mas a linguagem dos quadrinhos é diferente. Guazzelli fez o roteiro e storyboard da adaptação, e precisou trabalhar sobre a história do jagunço Riobaldo, protagonista do livro. Na obra original a narrativa é pontuada por idas e vindas no tempo, além de pausas nas quais Riobaldo reflete sobre questões que lhe interessam: a existência ou não do diabo, a religião, o mal, a guerra, o amor, a vingança, entre outros. Na adaptação, há uma cronologia natural. A cena famosa, quando Riobaldo e Diadorim crianças se conhecem, está quase no começo do livro. A versão em quadrinhos parte, portanto, do próprio texto do romance, preservando a prosa poética e a sintaxe inovadora. O roteirista já adaptou antes obras como O pagador de promessas, Escrava Isaura e O bem amado.

Outro grande desafio coube ao ilustrador Rodrigo Rosa. O livro usa a ambivalência como recurso literário, ocultando mais que revelando. O “jagunço” Diadorim, como se sabe, é uma mulher. Por quem se apaixona Riobaldo, incapaz de ir adiante porque acredita tratar-se de um homem. Rodrigo Rosa adotou um biotipo andrógino para compor a personagem, respeitando o segredo original.

[caption id="attachment_6527" align="alignleft" width="1265"]Momento em que Riobaldo firma pacto com o diabo, no clássico de Guimarães Rosa, agora em quadrinhos. Momento em que Riobaldo firma pacto com o diabo, no clássico de Guimarães Rosa, agora em quadrinhos.[/caption] Difícil também foi representar em imagens o suposto pacto que Riobaldo com o diabo. Afinal, o personagem conta sua história de vida a um interlocutor a fim de convencê-lo — e convencer-se — de que o demônio não existe. Nem Riobaldo tem certeza se o pacto foi feito. Rodrigo Rosa, que já trabalhou na adaptação de Os Sertões para quadrinhos, optou então por mostrar o personagem numa encruzilhada, com um desenho de contornos mais surrealistas, com lampejos de loucura. XXXX

______________________________________________________________________________________________________________________________

capa_gsv_perspec_luvasaindo

O QUE: Lançamento Grande sertão: veredas HQ

Autor: João Guimarães Rosa

Roteiro: Eloar Guazzelli

Arte: Rodrigo Rosa

Editora: Biblioteca Azul (Globo Livros)

QUANDO: Quinta-feira, 04/12, às 19h30

ONDE: Livraria Cultura/Conjunto Nacional (deck central)

Av. Paulista, 2073  Bela Vista São Paulo SP

Tel.: 11 3170.4033

EXTRA: Bate-papo entre Guazzelli e Rodrigo Rosa, com mediação de Paulo Ramos

PREÇO: R$ 199,90

______________________________________________________________________________________________________________________________

  [post_title] => Grande sertão: veredas_graphic novel [post_excerpt] => Lançamento Globo Livros, na Livraria Cultura/Conjunto Nacional, em São Paulo. Quinta-feira, 04/12, às 19h30. Bate-papo com os associados da SIB Guazzelli e Rodrigo Rosa, com mediação de Paulo Ramos. [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => grande-sertao-veredas_graphic-novel [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2014-12-03 16:26:10 [post_modified_gmt] => 2014-12-03 18:26:10 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=6519 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) ) [post] => WP_Post Object ( [ID] => 9110 [post_author] => 20 [post_date] => 2015-11-03 21:58:11 [post_date_gmt] => 2015-11-03 23:58:11 [post_content] =>

Caderno-de-rimas-do-Joo

Lázaro Ramos, 37 anos, tá com tudo e agora também tá prosa. Ou melhor, poesia. Atualmente na pele de Mister Brau, na TV; de Martin Luther King, no teatro (ambos ao lado da mulher Taís Araújo); de Nenê, no filme Mundo Cão; de um violinista, no filme Tudo que aprendemos juntos; e agora também de pai, na vida real e nas páginas do livro Caderno de Rimas de João, com ilustrações e projeto gráfico do SIB associado Mauricio Negro.

Inspirado pelo filho João, o ator, diretor, apresentador e autor feito criança investiga as palavras e seus significados. João descobre com a prima Bela a brincadeira de rimar. A partir de então, decide sempre rimar para falar. E assim, de um jeito colorido, segue aprendendo certas coisas da vida. O autor/protagonista monta assim um breve dicionário afetivo, onde cabem reminiscências de infância, família, valores, política, amor, música, vida, saudade, literatura, morte, entre outros assuntos.

Em  Caderno de Rimas de João, cada verso em cada página é acompanhado por vívidas ilustrações. A narrativa imagética criada por Negro potencializa os muitos sentidos de cada verbete.

(…)

A Pallas Editora, a Saraiva, Lázaro Ramos e Mauricio Negro convidam para o lançamento em São Paulo de

Caderno de rimas do João

Texto de Lázaro Ramos

Ilustrações de Mauricio Negro

Neste primeiro livro do autor e ator publicado pela Pallas Editora, o menino João encanta os leitores com sua rimas espontâneas, temas diversos, humor e ternura. Descobra como João pode rimar contigo também!

  • Código: 2421
  • Edição: 1
  • Páginas: 40
  • ISBN: 978-85-347-0533-2
  • Idioma: Português
  • Formato: 20,5 X 25,5cm
CADERNO DE RIMAS  
[post_title] => Caderno de Rimas do João [post_excerpt] => Lançamento pela Pallas do segundo livro do ator, diretor, apresentador e autor Lázaro Ramos, com ilustrações e projeto gráfico do SIB associado Mauricio Negro. Sábado, 07/11, a partir das 11h00, na Saraiva do Shopping Higienópolis, na capital paulista. Até lá! Axé! [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => caderno-de-rimas-do-joao [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-11-03 22:10:05 [post_modified_gmt] => 2015-11-04 00:10:05 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=9110 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) )

Caderno de Rimas do João

Lançamento pela Pallas do segundo livro do ator, diretor, apresentador e autor Lázaro Ramos, com ilustrações e projeto gráfico do SIB associado Mauricio Negro. Sábado, 07/11, a partir das 11h00, na Saraiva do Shopping Higienópolis, na capital paulista. Até lá! Axé!

Selena

Lançamento do álbum em quadrinhos da ilustradora e ex-conselheira da SIB Jinnie Anne Pak. Sábado, 10/10, às 19h00, na Pizzaria Prestíssimo, nos Jardins, em São Paulo. Sejam bem-vindos(as)!

The art of Baptistão: 30 anos

A Reference Press convida a todos para celebrar as três décadas de atividade do associado da SIB Baptistão. Lançamento nesta terça-feira, 07/07, a partir das 19h00, na Galeria Ornitorrinco, SP.

Bill

Lançamento do associado da SIB João Pinheiro: uma HQ sobre William S. Burroughs. Sexta-feira, 20/03, às 20h00, Monkix – Rua Harmonia, 150 – Loja 3, em São Paulo.

Bela e a fera

Lançamento da clássica história de Jeanne-Marie Leprince de Beaumont, com ilustrações do associado da SIB Laurent Cardon, pela Poetisa Editora. Neste domingo, 01/02, às 18h00, na Livraria Cultura do Shopping Villa Lobos, em São Paulo.

Grande sertão: veredas_graphic novel

Lançamento Globo Livros, na Livraria Cultura/Conjunto Nacional, em São Paulo. Quinta-feira, 04/12, às 19h30. Bate-papo com os associados da SIB Guazzelli e Rodrigo Rosa, com mediação de Paulo Ramos.

SIB NEWS

O autor-ilustrador Orlando Pedroso lança o livro GORDINHAS, com prefácio da cartunista e chargista Laerte. Dia 28/11, às 19h30 no Bar Genial, na Vila Madalena, na capital paulista. Convite feito!


O ilustrador, infografista e designer gráfico Caco Bressane atesta o quanto é enriquecedor colaborar com projetos profissionais que envolvem um time de colaboradores. Algumas dessas demandas podem fortalecer os…


Alexandre Rampazzo e Mauricio Negro convidam para o bate-papo e autógrafos dos respectivos lançamentos no sábado, 18/11, às 17h00, na 5º edição da Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra, na Faculdade Zumbi dos Palmares, na capital paulista. Às 14h00 Negro também participa da mesa “Depois que o Samba é Samba” com Paulo Lins, Martinho da Vila, João Batista de Medeiros Vargens e Duca Rachid, com mediação de Chiquinho de Assis. Compareça!


Exposição de artes gráficas na programação oficial do CEDHU Piracicaba. Artistas brasileiras e estrangeiras mostram suas produções no âmbito das comemorações e reflexões do Dia Internacional da Mulher. Inscrições abertas!


Que tal desenhar, escrever e um pouco mais enquanto se encanta pela paisagem da Chapada Diamantina? Confira aqui e veja como participar dessa rara experiência!


ver todos