SIBSIB

WP_Query Object ( [query_vars] => Array ( [tag] => ilustracao [error] => [m] => [p] => 0 [post_parent] => [subpost] => [subpost_id] => [attachment] => [attachment_id] => 0 [name] => [static] => [pagename] => [page_id] => 0 [second] => [minute] => [hour] => [day] => 0 [monthnum] => 0 [year] => 0 [w] => 0 [category_name] => [cat] => [tag_id] => 6 [author] => [author_name] => [feed] => [tb] => [paged] => 0 [comments_popup] => [meta_key] => [meta_value] => [preview] => [s] => [sentence] => [fields] => [menu_order] => [category__in] => Array ( ) [category__not_in] => Array ( ) [category__and] => Array ( ) [post__in] => Array ( ) [post__not_in] => Array ( ) [tag__in] => Array ( ) [tag__not_in] => Array ( ) [tag__and] => Array ( ) [tag_slug__in] => Array ( [0] => ilustracao ) [tag_slug__and] => Array ( ) [post_parent__in] => Array ( ) [post_parent__not_in] => Array ( ) [author__in] => Array ( ) [author__not_in] => Array ( ) [ignore_sticky_posts] => [suppress_filters] => [cache_results] => 1 [update_post_term_cache] => 1 [update_post_meta_cache] => 1 [post_type] => [posts_per_page] => 6 [nopaging] => [comments_per_page] => 50 [no_found_rows] => [order] => DESC ) [tax_query] => WP_Tax_Query Object ( [queries] => Array ( [0] => Array ( [taxonomy] => post_tag [terms] => Array ( [0] => ilustracao ) [include_children] => 1 [field] => slug [operator] => IN ) ) [relation] => AND ) [meta_query] => WP_Meta_Query Object ( [queries] => Array ( ) [relation] => ) [date_query] => [post_count] => 6 [current_post] => -1 [in_the_loop] => [comment_count] => 0 [current_comment] => -1 [found_posts] => 6 [max_num_pages] => 1 [max_num_comment_pages] => 0 [is_single] => [is_preview] => [is_page] => [is_archive] => 1 [is_date] => [is_year] => [is_month] => [is_day] => [is_time] => [is_author] => [is_category] => [is_tag] => 1 [is_tax] => [is_search] => [is_feed] => [is_comment_feed] => [is_trackback] => [is_home] => [is_404] => [is_comments_popup] => [is_paged] => [is_admin] => [is_attachment] => [is_singular] => [is_robots] => [is_posts_page] => [is_post_type_archive] => [query_vars_hash] => 15dfe2162df0de721642ee18bbf2e493 [query_vars_changed] => [thumbnails_cached] => [stopwords:private] => [query] => Array ( [tag] => ilustracao ) [queried_object] => stdClass Object ( [term_id] => 6 [name] => Ilustração [slug] => ilustracao [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 6 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 6 [filter] => raw ) [queried_object_id] => 6 [request] => SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS sib_posts.ID FROM sib_posts INNER JOIN sib_term_relationships ON (sib_posts.ID = sib_term_relationships.object_id) WHERE 1=1 AND ( sib_term_relationships.term_taxonomy_id IN (6) ) AND sib_posts.post_type = 'post' AND (sib_posts.post_status = 'publish') GROUP BY sib_posts.ID ORDER BY sib_posts.post_date DESC LIMIT 0, 6 [posts] => Array ( [0] => WP_Post Object ( [ID] => 10458 [post_author] => 20 [post_date] => 2017-07-07 14:55:01 [post_date_gmt] => 2017-07-07 17:55:01 [post_content] =>

Você está por dentro da programação de CURSOS LIVRES DA FAAPAcesse o site.

E clique no título de cada oficina  para acessar todas as informações.

A SIB faz aqui suas recomendações para matrículas em oficinas de ilustração imperdíveis, teóricas e práticas, programadas para o mês de agosto e ministradas por experts em cada recorte: Fábio Moon, Mauricio Negro, Orlando Pedroso e Raquel Matsushita. Confira as possibilidades e aproveite as raras oportunidades de encontro, reflexão, prática e intercâmbio!

__________________________________________________________________________________________________________________

OFICINA - CONSTRUÇÃO VISUAL DO LIVRO: DESIGN E ILUSTRAÇÃO com Profa. Raquel Matsushita

Serão abordados os principais fundamentos para construção visual do livro: projeto gráfico, tipografia, cores, produção gráfica e ilustração. Por meio de estudos de casos de livros, falaremos sobre o formato do livro e sua tridimensionalidade como linguagem narrativa; a escolha consciente da tipografia no processo de criação do projeto gráfico; o desenvolvimento.

Aulas práticas e teóricas.

A QUEM SE DESTINA:
Interessados em artes visuais e gráficas, designer gráfico, ilustrador, editor, diagramador e assistente de arte.

CLIQUE AQUI PARA + INFORMAÇÕES SOBRE ESTA OFICINA!

a-bola-do-vizinho3-600

Raquel Matsushita é designer gráfico e sócia do escritório Entrelinha Design, criado em 2001. Graduada em Publicidade e Propaganda pela Universidade Metodista de São Paulo, especializou- -se nos cursos de “Design gráfico”, “Cor” e “Tipografia” na School of Visual Arts, de Nova York, onde também foi colaboradora no escritório de design Linda Kosarin Studio. Trabalhou como editora de arte nas editoras Abril e Globo. Premiada com dois jabutis (categoria capa e livro didático, em 2014) e finalista em livro digital (2016) e capa (1996). Ganhou o Prêmio Literário da Biblioteca Nacional (2016) na categoria projeto gráfico. Possui trabalhos selecionados na Bienal Brasileira de Design Gráfico (ADG). Premiada com o troféu HQ MIX (1996) e Prêmio Miolos (2015). Autora do livro Fundamentos gráficos para um design consciente (Musa Editora) e de quatro livros infantis.

 __________________________________________________________________________________________________________________

OFICINA - ILUSTRAÇÃO E A LIBERDADE DE DESENHAR  com Prof. Orlando Pedroso

Existe uma diferença crucial entre o trabalho dentro de uma redação e/ou a colaboração para um veículo da imprensa e o trabalho pessoal, mas, um não existe ou não se sustenta sem o outro. Essa oficina faz o cruzamento entre os dois ofícios. 

De forma prática, proporciona a vivência da notícia e a ludicidade do desenho e da imaginação independente da técnica, trabalhando especialmente em grandes formatos e usando possíveis erros a favor do trabalho a partir da mistura de suportes e materiais variados.

A QUEM SE DESTINA:
Pessoas interessadas no universo editorial e na investigação gráfica- pessoas a partir de 16 anos.

CLIQUE AQUI PARA + INFORMAÇÕES SOBRE ESTA OFICINA!

Orlando_Pedroso

Orlando Pedroso é artista gráfico e ilustrador, colaborou com o jornal Folha de S. Paulo de 1985 a 2011 além de ter publicado em inúmeros títulos da grande imprensa. Já ilustrou mais de 60 livros infanto-juvenis e é co-autor do livro “Não quero dormir” – finalista do prêmio Jabuti de 2007 nas categorias “ilustração” e “melhor livro”. Foi vencedor do Prêmio HQ Mix de melhor ilustrador nos anos de 2001, 2005 e 2006, e Artista Homenageado no FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte de 2007. Produziu mostras individuais, como “Como o Diabo Gosta”(1997) , “Olha o Passarinho!”(2001),“Uns Desenhos” e “Ôtros Desenhos” (2007). Em 2008, fez uma exposição retrospectiva de 30 anos de trabalho como artista convidado do 35º Salão de Humor de Piracicaba. É autor dos livros independentes “Moças Finas (2006) e “Árvres” e dos infantis “Vida Simples” e “Uêba!”.
Em 2014 lançou “Filosofias baratas me são as mais caras” também finalista do prêmio Jabuti. É membro do conselho director da SIB – Sociedade dos Ilustradores do Brasil. Artista gráfico e ilustrador, colaborou com o jornal Folha de S. Paulo de 1985 a 2011 além de ter publicado em inúmeros títulos da grande imprensa. Já ilustrou mais de 60 livros infanto-juvenis e é co-autor do livro “Não quero dormir” – finalista do prêmio Jabuti de 2007 nas categorias “ilustração” e “melhor livro”. Foi vencedor do Prêmio HQ Mix de melhor ilustrador nos anos de 2001, 2005 e 2006, e Artista Homenageado no FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte de 2007. Produziu mostras individuais, como “Como o Diabo Gosta”(1997) , “Olha o Passarinho!”(2001),“Uns Desenhos” e “Ôtros Desenhos” (2007). Em 2008, fez uma exposição retrospectiva de 30 anos de trabalho como artista convidado do 35º Salão de Humor de Piracicaba. É autor dos livros independentes “Moças Finas (2006) e “Árvres” e dos infantis “Vida Simples” e “Uêba!”.
 Em 2014 lançou “Filosofias baratas me são as mais caras”, também finalista do prêmio Jabuti. É membro do conselho diretor da Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB). __________________________________________________________________________________________________________________

OFICINA - ILUSTRAÇÃO ÉTNICA com Prof. Mauricio Negro

Estimular a percepção e a criação de artes visuais narrativas alternativas ao modelo eurocêntrico dominante, pela reinterpretação da iconografia das culturas circulares, indígenas, afro-brasileiras e populares.

Serão apresentados estudos de caso, informações sobre culturas nativas, imagens de portfólio, com uso de recursos audiovisuais. Abordaremos a ilustração de narrativas de culturas circulares (indígenas, africanas, afro-brasileiras, mestiças), de temáticas socioambientais, étnicas e identitárias.

Na oficina os participantes serão estimulados a produzir ilustrações experimentais sobre papel, usando material artístico tradicional, reaproveitado, natural e/ou alternativo , a partir de um tema pré-determinado durante o encontro teórico.

A QUEM SE DESTINA:  Estudantes, profissionais e pesquisadores das áreas de ilustração, artes visuais, animação, design, literatura, direção de arte, arquitetura, cinema, produção cultural, comunicação e publicidade.

CLIQUE AQUI PARA + INFORMAÇÕES SOBRE ESTA OFICINA!

MUNDURUKU

Mauricio Negro é ilustrador, escritor e designer gráfico identificado com temas ancestrais, circulares, ambientais, étnicos e ligados à diversidade cultural e artística brasileiras. Participante de exposições, catálogos e eventos, recebeu prêmios e menções no Brasil e no exterior (Alemanha, Argentina, China, Coréia do Sul, México e Japão). Tem colaborado, entre outros projetos, com muitos autores que lidam com temáticas circulares ou são indígenas, tais como Arthur Shaker, Benedito Prezia, Cristino Wapichana, Daniel Munduruku, Elias Yaguakãg, Edson Kayapó, Edson Krenak, Ely Macuxi, Lia Minápoty, Luís Donisete Benzi Grupioni, Olívio Jekupé, Tiago Hakiy, Vãngri Kaingáng, Sulami Katy, Yaguarê Yamã, entre outros. É membro do conselho da Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB). Pelo seu trabalho, com textos ou imagens, já recebeu diversos prêmios, menções e certificados no Brasil, Alemanha, Argentina, China, Coréia do Sul, México e Japão. E participou de muitas exposições e catálogos nacionais e internacionais, como os de Bolonha, Bratislava, Frankfurt, Tóquio, Seul e outros. É autor de texto, ou de texto e imagem de diversas publicações, tais como Gente de Cor, Cor de Gente (FTD) Por for a bela viola (SM), Jurupari - Contes du Brésil (Reflets d’Ailleurs), Jóty, o Tamanduá (Reflets d’Ailleurs/Global), A Palavra do Grande Chefe, Quem não gosta de fruta é xarope, Zum Zum Zum, Balaio de Gato e Mundo Cão (todos pela Global). Membro do conselho gestor da Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB). Finalista Prêmio Jabuti Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil (Brasil, 2014); Seleção Brazil: Countless Threads, Countless Tales (Bolonha, 2014);  Finalista do Prêmio Jabuti Capa (Brasil, 2013); Seleção Prêmio Latino-americano de Ilustração - UP (Argentina, 2013); The Merit Award/Hiii Illustration (China, 2012); Prêmio "Editorial" XX SIDI (Brasil, 2012); Seleção CJ Picture Book Festival (Coreia do Sul, 2009); Prêmio Incentivo NOMA (Japão, 2008); Menção Honrosa XV SIDI (São Paulo, 2007); White Ravens: Special Mention (Alemanha, 2000); Altamente Recomendável pela FNLJ. Participou de diversas exposições e catálogos (Bolonha, Bratislava, Frankfurt, entre outros). Em parceria com Vãngri Kaingáng: ilustrações selecionadas na 1ª Bienal Continental de Artes Indígenas Contemporâneas (México, 2012).

__________________________________________________________________________________________________________________

OFICINA - QUADRINHOS: O BOM DESENHO É O QUE CONTA A HISTÓRIA com Prof. Fábio Moon

Na oficina será abordada a função do desenho nas Histórias em Quadrinhos que, mais do que simplesmente estética, é narrativa. Através de exemplos e exercícios, veremos como a linguagem dos quadrinhos tem evoluído, abraçando os mais diversos estilos de desenho, possibilitando um aumento na variedade de artistas que se interessam por essa arte. - Apresentação de imagens para dar exemplos das possibilidades narrativa do desenho, e para facilitar a explicação dos conceitos do desenho nas histórias em quadrinhos.

- Exercício a partir da apresentação. - Discussão coletiva dos desenhos realizados.

Aula 1: Desenho como elemento narrativo e os fundamentos das Histórias em Quadrinhos. 
Aula 2: Desenho e escrita: a voz do artista.
Aula 3: O desenho que conta a história, e a história de cada um.

A QUEM SE DESTINA:
Qualquer pessoa que tenha vontade de trabalhar com o desenho como elemento narrativo na arte de contar histórias. Já ter familiaridade com desenho ajuda a enriquecer a experiência, mas não é um pré-requisito.

CLIQUE AQUI PARA + INFORMAÇÕES SOBRE ESTA OFICINA!

Fabio Moon

Fábio Moon é um dos quadrinistas brasileiros de maior reconhecimento internacional, juntamente com seu irmão gêmeo Gabriel Bá, com quem ele colabora com maior frequência. Criou com Bá o fanzine 10 Pãezinhos 20 anos atrás e não parou mais, e hoje tem livros publicados em 13 idiomas. Fábio se formou em licenciatura em Artes Plásticas pela FAAP.

__________________________________________________________________________________________________________________

[post_title] => Oficinas sobre Ilustração na FAAP! [post_excerpt] => Confira só a programação de oficinas sobre narração com imagens, práticas e teóricas, em Sampa. Tem ilustração + design (Raquel Matsushita), ilustração + liberdade de desenhar (Orlando Pedroso), ilustração étnica (Mauricio Negro) e ilustração + quadrinhos (Fábio Moon). Em agosto, não perca! [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => oficinas-sobre-ilustracao-na-faap [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2017-07-07 15:13:27 [post_modified_gmt] => 2017-07-07 18:13:27 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=10458 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [1] => WP_Post Object ( [ID] => 10189 [post_author] => 20 [post_date] => 2017-02-10 15:54:01 [post_date_gmt] => 2017-02-10 17:54:01 [post_content] =>

BAHIA

BeBem-vindos ao Terceiro Festival de Ilustração e Literatura da Bahia, um espaço-tempo dedicado à criação, ao encontro e ao encantamento. Te convidamos à um troca intensa de saberes e tecnologias relacionadas principalmente ao livro ilustrado, esse objeto que agrega linguagens múltiplas e nos apresenta diversas maneiras de abordar a ideia de Leitura. Em 2017, o Festival que nasce na Bahia, e que alimenta-se de suas referências, quer expandir! Desejamos conectar mais pessoas interessadas em processos de educação pela arte e possibilitar continuamente a expansão dos nossos modos de pensar e agir.

Imaginamos o rompimento de fronteiras diversas, também as que dificultam a comunicação entre linguagens artísticas, afirmando as necessárias e constantes contaminações entre elas.

Criamos um espaço de fortalecimento da cadeia produtiva do livro ilustrado e uma estrutura de estímulo e viabilização de produções variadas, principalmente as autônomas e guerreiras.

Sonhamos com mais cores, mais afetos felizes e mais cooperação em nossas relações e criações.

Expandimos também nossos entendimentos sobre a Leitura…. leitura de livros e de mundos, de mãos e de corpos, de áureas e de da íris…de plantas... de tempos e de nuvens…. E que a nossa memória ancestral nos traga imagens dos nossos povos primevos, aqueles que estarão sempre na base do que somos.

Ocupemos e lutemos contra as forças colonialistas!

Pelas imagens, palavras e povos livres! Te esperamos!

_________________________________________________________________________________________________________________________________

Terceiro Festival de Ilustração e Literatura da Bahia

O Palácio da Aclamação está situado em Salvador, no largo de mesmo nome, e é anexado ao Passeio Público da cidade. Foi durante 55 anos a residência oficial dos governadores da Bahia.

Av. Sete de Setembro, 1330 - Campo Grande, Salvador - BA, 40080-001

Telefone: (71) 3329-3011

 Dicas de hospedagem

Sol Vitoria Marina

Avenida Sete de Setembro, 2068

Vitória

71 3418-2000

[post_title] => 3º Festival de Ilustração e Literatura da Bahia [post_excerpt] => De 4 a 7 de maio, no Palácio da Aclamação, em Salvador, Bahia. Fique de olho na programação em construção e programa-se para participar! [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => 3o-festival-de-ilustracao-e-literatura-da-bahia [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2017-02-10 17:05:58 [post_modified_gmt] => 2017-02-10 19:05:58 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=10189 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [2] => WP_Post Object ( [ID] => 10179 [post_author] => 20 [post_date] => 2017-02-10 12:39:30 [post_date_gmt] => 2017-02-10 14:39:30 [post_content] =>

curso

Estão abertas as inscrições para o curso A imagem narrativa e ilustração de livros, agora em um novo formato, com novas referências e proposições. Neste semestre enfocaremos além das referencias históricas, tendências do livro ilustrado contemporâneo, apresentando também livros de artistas com a participação de convidados especiais.

Por favor encaminhe esta mensagem para quem possa se interessar no curso.

[Inscrições abertas] CURSO: A IMAGEM NARRATIVA E ILUSTRAÇÃO DE LIVROS Fernando Vilela (com participação de Odilon Moraes) Este curso pretende penetrar no universo da ilustração como linguagem narrativa. A oficina é composta de aulas expositivas acerca da ilustração de livros, intercaladas por exercícios práticos com o objetivo de desenvolver um protótipo – boneco de um livro –, ilustrado com base em textos escolhidos. Nas aulas teóricas, serão abordadas questões relativas ao desenvolvimento da ilustração como narrativa visual ao longo dos tempos, por meio de discussão de textos e análise de imagens e de livros. Nas aulas práticas, serão introduzidos alguns materiais e procedimentos para a criação das ilustrações. Ao longo do curso, cada aluno desenvolverá seu próprio projeto. Informações 07 de março a 20 de junho de 2017 Terças-feiras das 19h às 22h Duração: 16 encontros Alunos por turma: 20 Inscrições: http://binahespacodearte.com.br/…/inscricoes-abertas-image…/ Contato para preços especiais pelo email contato@binahespacodearte.com.br) Bináh Espaço de Arte – Ateliê de Stela Barbieri e Fernando Vilela

Rua Bento Vieira de Barros, 181, Vila Romana, São Paulo   fones (11) 3875-6008 e 3467-4387

Fernando Vilela é artista, escritor, ilustrador e educador. Ministra cursos, oficinas e palestras sobre arte e ilustração e faz formações de criadores de livro ilustrado (autores/ilustradores) há mais de 15 anos. Trabalha com gravura, fotografia, escultura, e pintura. Operando com grandes formatos, o artista mescla as linguagens da xilogravura, fotografia e escultura. Já realizou diversas mostras e obras no Brasil e exterior e possui trabalhos em importantes coleções como da Pinacoteca do Estado de São Paulo, do MAM de São Paulo e do MoMA de Nova York. Premiado autor e ilustrador já publicou em dez países, ilustrou mais de 70 livros dentre os quais 16 são de sua autoria. Graduado em Artes pela UNICAMP e Mestre em Artes pela ECA-USP.

Odilon Moraes nasceu em 1966, em São Paulo. Com poucos meses de idade, mudou-se com a família para o interior do estado. Lá viveu até entrar na faculdade, quando voltou à capital. Cursou arquitetura, mas sua paixão por livros e desenhos (bem como uma boa dose de acasos) o levou a trabalhar com ilustração de livros e recebeu prêmios como o Jabuti e o Adolfo Aizen, prêmio da União Brasileira de Escritores. Em 2002, a Companhia das Letrinhas publicou A princesinha medrosa, o primeiro livro que Odilon, além de ilustrar, escreveu.

[post_title] => A imagem narrativa e ilustração de livros [post_excerpt] => Verifique se ainda há vagas para o disputado curso ministrado por Fernando Vilela e Odilon Moraes. Recomendamos com ênfase! [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => a-imagem-narrativa-e-ilustracao-de-livros [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2017-02-10 12:40:11 [post_modified_gmt] => 2017-02-10 14:40:11 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=10179 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [3] => WP_Post Object ( [ID] => 1474 [post_author] => 4 [post_date] => 2013-11-13 15:29:54 [post_date_gmt] => 2013-11-13 17:29:54 [post_content] =>

Na minha última coluna falei um pouco sobre a relação que o texto e a imagem constroem nos livros infantis para narrar uma história, e de que maneira a imagem pode complementar o que o texto está dizendo. Vou retomar essa ideia para falar de um outro tipo de relacionamento que o texto e a imagem podem estabelecer para contar histórias: uma relação de contradição.

À primeira vista pode parecer estranho e incoerente que a imagem contradiga o que diz o texto, mas quando bem conduzida essa contradição pode acrescentar nuanças interessantes ao sentido das palavras.

Lendo o livro de Sophie Van der Linden Para ler o livro ilustrado (Cosac Naify, 2011), encontrei uma referência a um livro cuja narrativa fazia uso justamente desse tipo de relação e, movido pela curiosidade, fui atrás. Trata-se de um livro infantil escrito por Robert Kraus e ilustrado por  José Aruego chamado  Leo the Late Bloomer (Inglaterra, Windmiee Books, 1971).

leothelatebloomer3

O livro conta a história de Leo, um tigre que demora mais que seus amiguinhos para aprender coisas como ler, escrever, desenhar e falar. O pai, ansioso para ver o filho se desenvolver tal como as outras crianças, permanece o tempo todo observando Leo e fica muito preocupado com essa demora. Mas a mãe nem se importa, pois acredita que Leo conseguirá fazer todas essas coisas quando estiver preparado. Segundo o entendimento dela, ficar ansiosamente observando se o filho apresenta algum sinal de progresso só vai fazer com que aquilo pareça demorar mais para acontecer.

leothelatebloomer4

Em certa passagem, o texto diz que o pai finalmente resolve escutar o conselho da mãe e decide assistir televisão em vez de ficar o tempo todo observando Leo.

A imagem (abaixo), no entanto, mostra que ele continua preocupado e observando o filho.

leothelatebloomer

A partir daí, o texto segue dizendo que o tempo passou e que ninguém mais ficou olhando o que Leo estava fazendo. Mas a ilustração insiste em mostrar o pai, ainda que empenhado em outros afazeres, acompanhando as ações do filho, mesmo que de longe.

A dissonância entre texto e imagem, vista a partir da passagem do sofá, é interessante porque, isoladas, as linguagens apontam caminhos opostos. Se lermos a história exclusivamente pelo texto, diremos que o pai de fato deixou de observar Leo e não se preocupou mais; lendo a história exclusivamente pela imagem, diremos que o pai de Leo não foi capaz de seguir o conselho da mãe e continuou a observar o filho. A leitura que resulta da imagem e do texto juntos, porém, é a de que o pai segue o conselho da mãe (afinal, o texto afirma isso), mas que essa não foi uma decisão fácil, e que ele continuou preocupado e buscando, sempre que possível, observar o filho. A imagem, ainda que sutilmente contradizendo o texto, acrescenta o sentido de que o pai está deixando o filho desenvolver-se por conta própria, mas sem deixar de zelar por ele. Na imagem anterior à da cena do sofá o pai se dedica exclusivamente a olhar o filho e, depois, como é visto na imagem abaixo, apesar de continuar tentando observar, ele aparece fazendo outras coisas.

leothelatebloomer2

A pergunta que me fiz quando folheei este livro foi se houve uma combinação prévia entre o escritor e o ilustrador para que a mensagem fosse construída dessa maneira. Será que eles combinaram previamente que o texto afirmaria uma coisa e a imagem sugeriria outra, resultando em uma terceira mensagem? Ou será que a atitude do pai a partir da imagem do sofá foi uma contribuição do ilustrador, que sugeriu acrescentar essa nuança à leitura?

Tal pergunta surgiu porque a maioria dos livros que ilustro são intermediados pela editora e é muito raro o contato com o escritor antes de o livro estar pronto.

Evidentemente, sempre que pertinente, posso discutir e sugerir ao editor nuanças à história por meio das imagens, mas, conforme disse, é muito rara a troca de ideias com o escritor antes de produzir.

Todavia, isso não impede que um escritor conte com a parceria do ilustrador de uma maneira mais efetiva, como num jogo de futebol onde um passa a bola para o outro marcar o gol.  Isso aconteceu comigo no livro escrito por Ruth Rocha que tive a honra de ilustrar, Borba, o gato (Editora Salamandra, 2009).

Recebi o texto e, como é de costume no segmento de literatura, a editora me deixou muito à vontade para ilustrar (nos livros didáticos, por exemplo, é frequente que o ilustrador seja pautado, isto é, recebe da editora instruções bastante detalhadas sobre o que deve ser desenhado).

Lendo a história tive uma grata surpresa: em determinada passagem o texto dizia que o gato Borba havia aprontado uma bela trapalhada, mas não descrevia qual. Dizia apenas que ele havia feito a trapalhada, e pronto: a ilustração que mostrasse do que se tratava. Fiquei muito feliz em perceber que nenhuma recomendação havia sido dada, de modo que eu estava absolutamente livre para criar a trapalhada que eu quisesse (desde que fosse, é evidente, coerente com o restante do texto). Não sei dizer se foi exatamente por isso, pois nunca conversei com ela a respeito, mas imagino que Ruth Rocha escreveu o texto daquela maneira justamente contando com a participação da imagem, prevendo que, naquela passagem, a piada poderia funcionar de maneira mais eficiente se mostrada por meio visual do que descrita com palavras.

borba01

Voltando a Leo the late bloomer, como citei anteriormente, não tenho conhecimento se o escritor e o ilustrador combinaram previamente o modo como o texto e a imagem colaborariam na narrativa, mas é evidente que o resultado dessa parceria bem articulada tornou a leitura muito mais rica.

________________________________________________________________________________________________________________________________
Fábio Sgroi é ilustrador, escritor e designer gráfico. Formado em Desenho Industrial, atua na área de livros infantis e juvenis, tendo mais de 100 obras ilustradas publicadas. Contato: fsgroi@terra.com.br. http://www.fabiosgroi.blogspot.com [post_title] => Texto e ilustração: dois caminhos e uma mensagem [post_excerpt] => Existem infinitas possibilidades de explorar a relação que as ilustrações estabelecem com as palavras nos livros infantis. Pode enriquecer a obra tirar partido de uma eventual relação de contradição entre as duas narrativas. [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => texto-e-ilustracao-dois-caminhos-e-uma-mensagem [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2013-11-18 19:24:30 [post_modified_gmt] => 2013-11-18 21:24:30 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=1474 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [4] => WP_Post Object ( [ID] => 872 [post_author] => 1 [post_date] => 2013-04-09 00:00:00 [post_date_gmt] => 2013-04-09 03:00:00 [post_content] => O ilustrador e associado da SIB, Faoza, assina as artes dos novos copos colecionáveis da campanha Sabores da Itália, da rede culinária Spoleto. Até 31 de maio, os 280 restaurantes espalhados por todo o Brasil promovem a campanha (exceto em Sergipe, Mato Grosso e Piauí). São seis peças estilizadas com ícones da Itália, que irão complementar três novos combinados de refeição.A projeção é distribuir 250 mil copos em todo o país. A rede de culinária aplicou R$ 2 milhões na coleção Sabores da Itália. Este é o maior investimento do gênero feito até hoje na história da Spoleto. Faoza também assina seis ilustrações aplicadas em cartões postais retratando regiões da Itália que serão distribuídos pela rede em suas lojas.     Contacte com o SIBNews pelo mail news@sib.org.br [post_title] => Faoza assina estampas em copos [post_excerpt] => A coleção será promovida pela rede Spoleto [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => faoza-assina-estampas-em-copos [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2013-10-09 08:39:41 [post_modified_gmt] => 2013-10-09 11:39:41 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/sib-news/faoza-assina-estampas-em-copos/ [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [5] => WP_Post Object ( [ID] => 894 [post_author] => 1 [post_date] => 2011-08-26 00:00:00 [post_date_gmt] => 2011-08-26 00:00:00 [post_content] =>

Acontece no próximo sábado, dia 3 de setembro, às 11:00 hs, no espaço de Leitura PraLer, em São Paulo, o bate-papo sobre ilustração Que histórias as ilustrações nos contam? A proposta do bate-papo é mostrar ao público a importância da ilustração nos livros para crianças e jovens e o processo criativo e participativo que está por trás da relação entre o texto e a imagem e da parceria entre escritor e ilustrador nos livros ilustrados.

Participam da conversa o ilustrador Fábio Sgroi e os escritores Manuel Filho, Rosana Rios e Januária Cristina Alves.

O bate-papo dá início à programação do mês de setembro do espaço PraLer, que terá como tema a importância da ilustração na literatura infanto-juvenil, oferecendo gratuitamente oficinas de ilustração com os ilustradores Nireuda Longombardi, Luna Vicente e Fábio Sgroi

O Espaço de Leitura PraLer fica no Parque da Água Branca e tem um acervo variado de livros, que podem ser consultados pela população no próprio parque. São sete quiosques, com acervo de literatura infanto-juvenil, literatura brasileira e estrangeira, poesia, revistas, livros de arte e outros. Está aberto ao público de terça a domingo, das 9 às 18 horas. Agendamentos para escolas e instituições podem ser feitos pelo e-mail contato.espacopraler@gmail.com.

---------------------
Serviço
Que histórias as ilustrações nos contam? - bate-papo sobre ilustração - Local: Espaço de leitura PraLer - Rua Ministro Godoi, 180, Perdizes, São Paulo, SP. Horário: 11:00 hs
Contato: Tel.: 11 2588-5777 / contato.espacopraler@gmail.com / espacopraler.wordpress.com

[post_title] => Evento [post_excerpt] => bate-papo discute papel da ilustração no livro infantil [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => evento [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2013-10-09 08:39:46 [post_modified_gmt] => 2013-10-09 11:39:46 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/sib-news/evento/ [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) ) [post] => WP_Post Object ( [ID] => 10458 [post_author] => 20 [post_date] => 2017-07-07 14:55:01 [post_date_gmt] => 2017-07-07 17:55:01 [post_content] =>

Você está por dentro da programação de CURSOS LIVRES DA FAAPAcesse o site.

E clique no título de cada oficina  para acessar todas as informações.

A SIB faz aqui suas recomendações para matrículas em oficinas de ilustração imperdíveis, teóricas e práticas, programadas para o mês de agosto e ministradas por experts em cada recorte: Fábio Moon, Mauricio Negro, Orlando Pedroso e Raquel Matsushita. Confira as possibilidades e aproveite as raras oportunidades de encontro, reflexão, prática e intercâmbio!

__________________________________________________________________________________________________________________

OFICINA - CONSTRUÇÃO VISUAL DO LIVRO: DESIGN E ILUSTRAÇÃO com Profa. Raquel Matsushita

Serão abordados os principais fundamentos para construção visual do livro: projeto gráfico, tipografia, cores, produção gráfica e ilustração. Por meio de estudos de casos de livros, falaremos sobre o formato do livro e sua tridimensionalidade como linguagem narrativa; a escolha consciente da tipografia no processo de criação do projeto gráfico; o desenvolvimento.

Aulas práticas e teóricas.

A QUEM SE DESTINA:
Interessados em artes visuais e gráficas, designer gráfico, ilustrador, editor, diagramador e assistente de arte.

CLIQUE AQUI PARA + INFORMAÇÕES SOBRE ESTA OFICINA!

a-bola-do-vizinho3-600

Raquel Matsushita é designer gráfico e sócia do escritório Entrelinha Design, criado em 2001. Graduada em Publicidade e Propaganda pela Universidade Metodista de São Paulo, especializou- -se nos cursos de “Design gráfico”, “Cor” e “Tipografia” na School of Visual Arts, de Nova York, onde também foi colaboradora no escritório de design Linda Kosarin Studio. Trabalhou como editora de arte nas editoras Abril e Globo. Premiada com dois jabutis (categoria capa e livro didático, em 2014) e finalista em livro digital (2016) e capa (1996). Ganhou o Prêmio Literário da Biblioteca Nacional (2016) na categoria projeto gráfico. Possui trabalhos selecionados na Bienal Brasileira de Design Gráfico (ADG). Premiada com o troféu HQ MIX (1996) e Prêmio Miolos (2015). Autora do livro Fundamentos gráficos para um design consciente (Musa Editora) e de quatro livros infantis.

 __________________________________________________________________________________________________________________

OFICINA - ILUSTRAÇÃO E A LIBERDADE DE DESENHAR  com Prof. Orlando Pedroso

Existe uma diferença crucial entre o trabalho dentro de uma redação e/ou a colaboração para um veículo da imprensa e o trabalho pessoal, mas, um não existe ou não se sustenta sem o outro. Essa oficina faz o cruzamento entre os dois ofícios. 

De forma prática, proporciona a vivência da notícia e a ludicidade do desenho e da imaginação independente da técnica, trabalhando especialmente em grandes formatos e usando possíveis erros a favor do trabalho a partir da mistura de suportes e materiais variados.

A QUEM SE DESTINA:
Pessoas interessadas no universo editorial e na investigação gráfica- pessoas a partir de 16 anos.

CLIQUE AQUI PARA + INFORMAÇÕES SOBRE ESTA OFICINA!

Orlando_Pedroso

Orlando Pedroso é artista gráfico e ilustrador, colaborou com o jornal Folha de S. Paulo de 1985 a 2011 além de ter publicado em inúmeros títulos da grande imprensa. Já ilustrou mais de 60 livros infanto-juvenis e é co-autor do livro “Não quero dormir” – finalista do prêmio Jabuti de 2007 nas categorias “ilustração” e “melhor livro”. Foi vencedor do Prêmio HQ Mix de melhor ilustrador nos anos de 2001, 2005 e 2006, e Artista Homenageado no FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte de 2007. Produziu mostras individuais, como “Como o Diabo Gosta”(1997) , “Olha o Passarinho!”(2001),“Uns Desenhos” e “Ôtros Desenhos” (2007). Em 2008, fez uma exposição retrospectiva de 30 anos de trabalho como artista convidado do 35º Salão de Humor de Piracicaba. É autor dos livros independentes “Moças Finas (2006) e “Árvres” e dos infantis “Vida Simples” e “Uêba!”.
Em 2014 lançou “Filosofias baratas me são as mais caras” também finalista do prêmio Jabuti. É membro do conselho director da SIB – Sociedade dos Ilustradores do Brasil. Artista gráfico e ilustrador, colaborou com o jornal Folha de S. Paulo de 1985 a 2011 além de ter publicado em inúmeros títulos da grande imprensa. Já ilustrou mais de 60 livros infanto-juvenis e é co-autor do livro “Não quero dormir” – finalista do prêmio Jabuti de 2007 nas categorias “ilustração” e “melhor livro”. Foi vencedor do Prêmio HQ Mix de melhor ilustrador nos anos de 2001, 2005 e 2006, e Artista Homenageado no FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte de 2007. Produziu mostras individuais, como “Como o Diabo Gosta”(1997) , “Olha o Passarinho!”(2001),“Uns Desenhos” e “Ôtros Desenhos” (2007). Em 2008, fez uma exposição retrospectiva de 30 anos de trabalho como artista convidado do 35º Salão de Humor de Piracicaba. É autor dos livros independentes “Moças Finas (2006) e “Árvres” e dos infantis “Vida Simples” e “Uêba!”.
 Em 2014 lançou “Filosofias baratas me são as mais caras”, também finalista do prêmio Jabuti. É membro do conselho diretor da Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB). __________________________________________________________________________________________________________________

OFICINA - ILUSTRAÇÃO ÉTNICA com Prof. Mauricio Negro

Estimular a percepção e a criação de artes visuais narrativas alternativas ao modelo eurocêntrico dominante, pela reinterpretação da iconografia das culturas circulares, indígenas, afro-brasileiras e populares.

Serão apresentados estudos de caso, informações sobre culturas nativas, imagens de portfólio, com uso de recursos audiovisuais. Abordaremos a ilustração de narrativas de culturas circulares (indígenas, africanas, afro-brasileiras, mestiças), de temáticas socioambientais, étnicas e identitárias.

Na oficina os participantes serão estimulados a produzir ilustrações experimentais sobre papel, usando material artístico tradicional, reaproveitado, natural e/ou alternativo , a partir de um tema pré-determinado durante o encontro teórico.

A QUEM SE DESTINA:  Estudantes, profissionais e pesquisadores das áreas de ilustração, artes visuais, animação, design, literatura, direção de arte, arquitetura, cinema, produção cultural, comunicação e publicidade.

CLIQUE AQUI PARA + INFORMAÇÕES SOBRE ESTA OFICINA!

MUNDURUKU

Mauricio Negro é ilustrador, escritor e designer gráfico identificado com temas ancestrais, circulares, ambientais, étnicos e ligados à diversidade cultural e artística brasileiras. Participante de exposições, catálogos e eventos, recebeu prêmios e menções no Brasil e no exterior (Alemanha, Argentina, China, Coréia do Sul, México e Japão). Tem colaborado, entre outros projetos, com muitos autores que lidam com temáticas circulares ou são indígenas, tais como Arthur Shaker, Benedito Prezia, Cristino Wapichana, Daniel Munduruku, Elias Yaguakãg, Edson Kayapó, Edson Krenak, Ely Macuxi, Lia Minápoty, Luís Donisete Benzi Grupioni, Olívio Jekupé, Tiago Hakiy, Vãngri Kaingáng, Sulami Katy, Yaguarê Yamã, entre outros. É membro do conselho da Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB). Pelo seu trabalho, com textos ou imagens, já recebeu diversos prêmios, menções e certificados no Brasil, Alemanha, Argentina, China, Coréia do Sul, México e Japão. E participou de muitas exposições e catálogos nacionais e internacionais, como os de Bolonha, Bratislava, Frankfurt, Tóquio, Seul e outros. É autor de texto, ou de texto e imagem de diversas publicações, tais como Gente de Cor, Cor de Gente (FTD) Por for a bela viola (SM), Jurupari - Contes du Brésil (Reflets d’Ailleurs), Jóty, o Tamanduá (Reflets d’Ailleurs/Global), A Palavra do Grande Chefe, Quem não gosta de fruta é xarope, Zum Zum Zum, Balaio de Gato e Mundo Cão (todos pela Global). Membro do conselho gestor da Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB). Finalista Prêmio Jabuti Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil (Brasil, 2014); Seleção Brazil: Countless Threads, Countless Tales (Bolonha, 2014);  Finalista do Prêmio Jabuti Capa (Brasil, 2013); Seleção Prêmio Latino-americano de Ilustração - UP (Argentina, 2013); The Merit Award/Hiii Illustration (China, 2012); Prêmio "Editorial" XX SIDI (Brasil, 2012); Seleção CJ Picture Book Festival (Coreia do Sul, 2009); Prêmio Incentivo NOMA (Japão, 2008); Menção Honrosa XV SIDI (São Paulo, 2007); White Ravens: Special Mention (Alemanha, 2000); Altamente Recomendável pela FNLJ. Participou de diversas exposições e catálogos (Bolonha, Bratislava, Frankfurt, entre outros). Em parceria com Vãngri Kaingáng: ilustrações selecionadas na 1ª Bienal Continental de Artes Indígenas Contemporâneas (México, 2012).

__________________________________________________________________________________________________________________

OFICINA - QUADRINHOS: O BOM DESENHO É O QUE CONTA A HISTÓRIA com Prof. Fábio Moon

Na oficina será abordada a função do desenho nas Histórias em Quadrinhos que, mais do que simplesmente estética, é narrativa. Através de exemplos e exercícios, veremos como a linguagem dos quadrinhos tem evoluído, abraçando os mais diversos estilos de desenho, possibilitando um aumento na variedade de artistas que se interessam por essa arte. - Apresentação de imagens para dar exemplos das possibilidades narrativa do desenho, e para facilitar a explicação dos conceitos do desenho nas histórias em quadrinhos.

- Exercício a partir da apresentação. - Discussão coletiva dos desenhos realizados.

Aula 1: Desenho como elemento narrativo e os fundamentos das Histórias em Quadrinhos. 
Aula 2: Desenho e escrita: a voz do artista.
Aula 3: O desenho que conta a história, e a história de cada um.

A QUEM SE DESTINA:
Qualquer pessoa que tenha vontade de trabalhar com o desenho como elemento narrativo na arte de contar histórias. Já ter familiaridade com desenho ajuda a enriquecer a experiência, mas não é um pré-requisito.

CLIQUE AQUI PARA + INFORMAÇÕES SOBRE ESTA OFICINA!

Fabio Moon

Fábio Moon é um dos quadrinistas brasileiros de maior reconhecimento internacional, juntamente com seu irmão gêmeo Gabriel Bá, com quem ele colabora com maior frequência. Criou com Bá o fanzine 10 Pãezinhos 20 anos atrás e não parou mais, e hoje tem livros publicados em 13 idiomas. Fábio se formou em licenciatura em Artes Plásticas pela FAAP.

__________________________________________________________________________________________________________________

[post_title] => Oficinas sobre Ilustração na FAAP! [post_excerpt] => Confira só a programação de oficinas sobre narração com imagens, práticas e teóricas, em Sampa. Tem ilustração + design (Raquel Matsushita), ilustração + liberdade de desenhar (Orlando Pedroso), ilustração étnica (Mauricio Negro) e ilustração + quadrinhos (Fábio Moon). Em agosto, não perca! [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => oficinas-sobre-ilustracao-na-faap [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2017-07-07 15:13:27 [post_modified_gmt] => 2017-07-07 18:13:27 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://sib.org.br/?p=10458 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) )

Oficinas sobre Ilustração na FAAP!

Confira só a programação de oficinas sobre narração com imagens, práticas e teóricas, em Sampa. Tem ilustração + design (Raquel Matsushita), ilustração + liberdade de desenhar (Orlando Pedroso), ilustração étnica (Mauricio Negro) e ilustração + quadrinhos (Fábio Moon). Em agosto, não perca!

3º Festival de Ilustração e Literatura da Bahia

De 4 a 7 de maio, no Palácio da Aclamação, em Salvador, Bahia. Fique de olho na programação em construção e programa-se para participar!

A imagem narrativa e ilustração de livros

Verifique se ainda há vagas para o disputado curso ministrado por Fernando Vilela e Odilon Moraes. Recomendamos com ênfase!

Texto e ilustração: dois caminhos e uma mensagem

Existem infinitas possibilidades de explorar a relação que as ilustrações estabelecem com as palavras nos livros infantis. Pode enriquecer a obra tirar partido de uma eventual relação de contradição entre as duas narrativas.

index_1-100x100

Faoza assina estampas em copos

A coleção será promovida pela rede Spoleto

Evento

bate-papo discute papel da ilustração no livro infantil

SIB NEWS

O autor-ilustrador Orlando Pedroso lança o livro GORDINHAS, com prefácio da cartunista e chargista Laerte. Dia 28/11, às 19h30 no Bar Genial, na Vila Madalena, na capital paulista. Convite feito!


O ilustrador, infografista e designer gráfico Caco Bressane atesta o quanto é enriquecedor colaborar com projetos profissionais que envolvem um time de colaboradores. Algumas dessas demandas podem fortalecer os…


Alexandre Rampazzo e Mauricio Negro convidam para o bate-papo e autógrafos dos respectivos lançamentos no sábado, 18/11, às 17h00, na 5º edição da Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra, na Faculdade Zumbi dos Palmares, na capital paulista. Às 14h00 Negro também participa da mesa “Depois que o Samba é Samba” com Paulo Lins, Martinho da Vila, João Batista de Medeiros Vargens e Duca Rachid, com mediação de Chiquinho de Assis. Compareça!


Exposição de artes gráficas na programação oficial do CEDHU Piracicaba. Artistas brasileiras e estrangeiras mostram suas produções no âmbito das comemorações e reflexões do Dia Internacional da Mulher. Inscrições abertas!


Que tal desenhar, escrever e um pouco mais enquanto se encanta pela paisagem da Chapada Diamantina? Confira aqui e veja como participar dessa rara experiência!


ver todos