SIBSIB

Resultado do Prêmio João-de-Barro Edição 2013

Foram divulgados os dois vencedores e as menções honrosas de cada categoria do Prêmio João-de-Barro edição 2013. Trata-se de um concurso nacional de literatura digno de nota e entusiasmo. Contempla, com acerto e justiça, escritores e ilustradores. E tem em conta o livro como objeto narrativo, em todos os sentidos e dimensões. Uma percepção cada vez mais frequente entre muitos autores de texto e imagem, que nutrem a esperança pela atualização dos critérios nacionais aplicados em outros concursos literários importantes e tradicionais. A premiação de projetos gráficos completos, contemplada pela categoria “livro ilustrado”, é uma inovação do concurso desde 2011, que tem contribuído para consolidar um gênero específico de livro, caracterizado pela integração indissociável entre texto, imagem e elementos gráficos.

PREMIO-JOAO-BARRO-600x544

O Prêmio João-de-Barro tem por objetivo reconhecer e agraciar obras inéditas, destinadas especialmente a crianças e jovens, nas categorias “texto literário” e “livro ilustrado”.

Da comissão julgadora, vale mencionar, participaram renomados autores, editores e especialistas nas típicas narrativas entrelaçadas dos chamados picture books. A escritora e ilustradora Ângela Lago, a especialista Maíra Lacerda e o editor Marcelo Del’Anhol – os jurados da categoria “livro ilustrado” – elegeram o livro “ROSA”, do já consagrado escritor, ilustrador e associado da SIB Odilon Moraes. Segundo a comissão, o livro destaca-se “pela qualidade que perpassa texto e ilustração e pelo deslocamento existente no tempo da narrativa textual e narrativa por imagem”.

Os vencedores de cada uma das duas categorias receberá 50 mil reais. Um valor expressivo, se considerarmos os prêmios oferecidos por outros concursos literários no país. A Fundação Municipal de Cultura da Cidade de Belo Horizonte, pelo estímulo à produção literária de excelência para crianças e jovens que proporciona, tem a nossa simpatia, apoio e reconhecimento. Que o Prêmio João-de-Barro possa se fortalecer ainda mais, para revelar novos talentos e reafirmar a qualidade do trabalho de veteranos nas próximas edições e, esperamos também, que seja capaz de motivar outras instituições e concursos a proceder sob os mesmos critérios e sintonia. Parabenizamos os vencedores, os organizadores e o júri, pelo Prêmio João-de-Barro.

Melhor “Livro Ilustrado”: Odilon Moraes

odilonPREMIADOS CONCURSO JOÃO-DE-BARRO

Categoria Livro Ilustrado: “ROSA”, de Odilon Moraes

_________________________________________________________________________________________________________________________

Nesta categoria foram concedidas também três menções honrosas às obras cuja qualidade sobressaiu-se entre as demais:

1ª menção honrosa: “Vovó não sabe mais nada”, de José Carlos Lollo e Blandina de Almeida Prado Franco
2ª menção honrosa: “Moscas e outras memórias”, de Fabíola Werlang e Eve Ferreti
3ª menção honrosa: “Cisco”, de Anna da Cunha Teixeira

Categoria Texto Literário: “SOCORRO, ESTOU SENDO ENGOLIDO”, de Adriana Calabro Orabona

* O Júri desta categoria – formado pela escritora e editora Renata Farhat Borges, pelo escritor Ernani Só e pela professora da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, Sabrina Seldmayer Pinto – apontou na obra “inovação, trama criativa e personagens bem delineados” .

Três menções honrosas foram conferidas aos textos que se destacaram pela qualidade:

1ª menção honrosa: “Armadilhas de pegar Rodolfos”, de Lauro Roberto Elme
2ª menção honrosa: “Meu pai é o rei do congo”, de Alan Roberto de Oliveira
3ª menção honrosa: “A canção dos afogados”, de Rosa Amanda Strausz

Comments are closed.

SIB NEWS

O autor-ilustrador Orlando Pedroso lança o livro GORDINHAS, com prefácio da cartunista e chargista Laerte. Dia 28/11, às 19h30 no Bar Genial, na Vila Madalena, na capital paulista. Convite feito!


O ilustrador, infografista e designer gráfico Caco Bressane atesta o quanto é enriquecedor colaborar com projetos profissionais que envolvem um time de colaboradores. Algumas dessas demandas podem fortalecer os…


Alexandre Rampazzo e Mauricio Negro convidam para o bate-papo e autógrafos dos respectivos lançamentos no sábado, 18/11, às 17h00, na 5º edição da Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra, na Faculdade Zumbi dos Palmares, na capital paulista. Às 14h00 Negro também participa da mesa “Depois que o Samba é Samba” com Paulo Lins, Martinho da Vila, João Batista de Medeiros Vargens e Duca Rachid, com mediação de Chiquinho de Assis. Compareça!


Exposição de artes gráficas na programação oficial do CEDHU Piracicaba. Artistas brasileiras e estrangeiras mostram suas produções no âmbito das comemorações e reflexões do Dia Internacional da Mulher. Inscrições abertas!


Que tal desenhar, escrever e um pouco mais enquanto se encanta pela paisagem da Chapada Diamantina? Confira aqui e veja como participar dessa rara experiência!


ver todos