SIBSIB

As Cores de Coraline e Gente de Cor, Cor de Gente na 5ª FlinkSampa

Começa na próxima quinta-feira a 5º edição da FlinkSampa – Festa do Conhecimento,  Literatura  e Cultura Negra, que será realizada no período de 16 a 18 de novembro de 2017 na Faculdade Zumbi dos Palmares. Em ótima localização, o novo endereço do evento fica próximo à estação Armênia do metrô, na Avenida Santos Dumont, 843, São Paulo SP, dentro do Centro Esportivo Tietê.

Durante três dias serão realizados lançamentos e vendas de livros, quadrinhos e mangás, produtos de afro-empreendedores, além de atividades culturais para professores e estudantes de todas as idades: palestras, debates e contações de histórias. Da programação da Flinkinha, os autores-ilustradores Alexandre Rampazzo e Mauricio Negro estarão juntos para lançar e autografar os seus respectivos livros: As cores de Coraline (Rocco) e Gente de Cor, Cor de Gente (FTD).  Na programação principal, Negro também participa da quase roda de samba das 14h00, que abre a tarde de sábado, 18/11.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA AQUI!

………………………………………………………………………………………………..

SÁBADO, dia 18/11 às 14:00h

Depois que o Samba é Samba

Paulo Lins, Martinho da Vila, Mauricio Negro, João Batista de Medeiros Vargens e Duca Rachid

Mediação: Chiquinho de Assis

* Sugestão para o aquecimento antes do nosso encontro no sábado: clique na playlist Sambas do Martinho

………………………………………………………………………………………………..

SÁBADO, Dia 18/11 às 17h00

Histórias contadas  – A cor de coraline e Gente de Cor, Cor de Gente 

Lançamentos, bate-papo e autógrafos com Alexandre Rampazzo e Mauricio Negro

CAPAS

………………………………………………………………………………………………..

Numa atividade na escola, Pedrinho pede emprestado o lápis cor da pele. Antes de escolher o lápis e entregar, Coraline reflete sobre o pedido e suas múltiplas respostas. A menina analisa o conteúdo da sua caixa de lápis: há doze deles, de doze cores diferentes e com doze nomes com os quais ela está mais que familiarizada. Mas essa tal “cor de pele” ela não consegue identificar logo. E que cor é essa? No vídeo você confere um pouco do processo de criação de Alexandre Rampazo no livro A cor de Coraline!

………………………………………………………………………………………………..

No livro-imagem Gente de Cor, Cor de Gente, o autor Mauricio Negro usa o eufemismo “gente de cor” para tratar de questões urgentes, como preconceito, tolerância e diversidade. A cada virada de página, o leitor se depara com dois personagens: um tem a pele negra, o outro tem a pele de outra cor. Lado a lado, sentem fome, frio, medo, calor, raiva, diversão, alegria… Com tons vibrantes e contrastes a narrativa busca a reflexão e amplia a questão racial para além das “cores de gente”. Faz um apelo à igualdade de direitos, ao respeito às diferenças e à convivência de todos, conforme ressalta o ator Lázaro Ramos, em texto escrito especialmente para o livro: “As cores do Mauricio vêm de uma mão que alegremente visita culturas. Ver seus traços revelando de forma poética culturas indígenas, mestiça ou afro-brasileira, com ludicidade e força, é encantador. Suas mãos navegam pelas cores como um barco generoso, que não se furta a acolher verdadeiramente aquilo que retrata”.

………………………………………………………………………………………………..

 

A programação completa está aqui: http://flinksampa.com.br/2017/06/21/literatura-e-cultura/

Fazem parte da FlinkSampa 2017:

  • Atividades para crianças e contação de histórias na Flinkinha;
  • Atividades para jovens;
  • Encontros literários com escritores nacionais e internacionais;
  • Seminário Internacional – “A Educação Inclusiva no Século 21”;
  • Prêmio Jovem Negro de Literatura;
  • Festival Afrominuto de curtas-metragens;
  • Exposição e venda de livros e quadrinhos;
  • Cine-debate – Realizadoras;
  • O Samba Nosso de Cada Dia.

BANNER-FLINKSAMPA

Comments are closed.

SIB NEWS

Alexandre Rampazzo e Mauricio Negro convidam para o bate-papo e autógrafos dos respectivos lançamentos no sábado, 18/11, às 17h00, na 5º edição da Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra, na Faculdade Zumbi dos Palmares, na capital paulista. Às 14h00 Negro também participa da mesa “Depois que o Samba é Samba” com Paulo Lins, Martinho da Vila, João Batista de Medeiros Vargens e Duca Rachid, com mediação de Chiquinho de Assis. Compareça!


Exposição de artes gráficas na programação oficial do CEDHU Piracicaba. Artistas brasileiras e estrangeiras mostram suas produções no âmbito das comemorações e reflexões do Dia Internacional da Mulher. Inscrições abertas!


Que tal desenhar, escrever e um pouco mais enquanto se encanta pela paisagem da Chapada Diamantina? Confira aqui e veja como participar dessa rara experiência!


International Art Award com uma grande exposição no Arsenal de Veneza, IT. Painting, Sculpture and Installation, Virtual Art, Photographic Art, Digital Graphics, Video Art, Short Films, Performance, Land Art, Urban Art, e uma seção especial para Sustainable Art. Inscrições abertas até 18/12. Saiba como se inscrever aqui!


Os humoristas gráficos devem enviar os seus trabalhos até dezembro de 2017. Confira aqui o regulamento e participe!


ver todos