SIBSIB

Cinema Ilustrado – A Oitava Arte

cartaz, por Cândido Faria

cartaz, por Cândido Faria

No mês de julho, o projeto Cineclube Araucária – O Cinema de Volta a Campos do Jordão realiza a exposição Cinema Ilustrado – A Oitava Arte, uma homenagem aos artistas quase anônimos, ilustradores que produzem cartazes para a divulgação de obras cinematográficas. A mostra fica em cartaz até o dia 29 de julho, na sede da AMECampos (Associação dos Amigos de Campos do Jordão), com entrada franca, das 10h às 18h.

O projeto Cineclube Araucária – O Cinema de Volta a Campos do Jordão é realizado com o apoio do Programa de Ação Cultural do estado de São Paulo – ProAC, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e a AMECampos. Todos os eventos da programação do Cineclube Araucária têm entrada grátis.

Esta exposição de cartazes – com ??? obras de ilustradores cuja arte se destina à divulgação de obras da sétima arte – é a fórmula encontrada pelo Cineclube Araucária para homenagear esses artistas, quase anônimo aos olhos do grande público apreciador do cinema, responsáveis pela tarefa de transferir para o papel a expressão dos personagens e a essência das histórias criadas para as telas, com o objetivo de torná-las mais atrativas.

Muitos, de fato, permaneceram anônimos, ainda que realizassem um trabalho de excelente qualidade técnica e artística. Outros entraram para a história como cartazistas de cinema. Há também aqueles que, mesmo tendo alcançado reconhecimento em outras áreas como a arquitetura e a pintura, se aventuraram com êxito na tarefa da comunicação visual para a divulgação de filmes nacionais, especialmente nas fases do Cinema Novo de Glauber Rocha, Rogério Sganzerla, Nelson Pereira dos Santos, Joaquim Pedro e Ruy Guerra.

cartaz, por Jayme Cortez

cartaz, por Jayme Cortez

“Por meio desta exposição, o Cineclube Araucária presta homenagem a esses artistas, muito pouco ou quase nada reconhecidos pelos cinéfilos, uma vez que raramente suas assinaturas são gravadas nas obras. Queremos que os ilustradores do Brasil sintam-se abraçados pela mostra que reúne trabalhos de Cândido Faria, Jayme Cortez, Rogério Duarte, José Luiz Benício, Fernando Pimenta, Jair de Souza, Claudio Marcelo Reis, Alê Abreu, Calazans Neto, Ziraldo, Carybé e Lina Bo Bardi”, declara o curador Cervantes Souto Sobrinho.

O registro desse trabalho começa exatamente no momento em que o cinema teve as primeiras sessões públicas, no final do século XIX, quando, em Paris, os irmãos Charles e Émile Pathé se preparavam para administrar o primeiro império do cinema europeu: a Maison Pathé, ainda que o seu único produto comercial fossem os filmes produzidos pelos irmãos Lumière. Eles contrataram um pequeno ateliê de desenhos publicitários, localizado no bairro de Montmartre, reduto de artistas do porte de Toulouse-Lautrec, Alphonse Micha e Jules Chéret, conhecido como Les Affiches Faria, mantido por um certo Cândido Faria, brasileiro nascido em Sergipe que se estabelecera em Paris com a pretensão de se tornar ilustrador dos cartazes de famosas casas de espetáculos da época. Foi, portanto, Cândido de Faria, cujo trabalho está representado na exposição, o precursor, para não dizer o primeiro artista, a se dedicar exclusivamente à criação de cartazes para o cinema. Coincidência, ou mero capricho do destino, hoje outro brasileiro da Bahia, Claudio Marcelo Reis, destaca-se no mesmo segmento das artes visuais, criando, para todo o mundo, o material de divulgação das produções dos estúdios Disney e Pixar.

Expo - Cinema Ilustrado, A Oitava Arte

Expo – Cinema Ilustrado, A Oitava Arte

O QUE: Exposição Cinema Ilustrado – A Oitava Arte

Projeto: Cineclube Araucária – O Cinema de Volta a Campos do Jordão

ONDEAMECampos

Rua Dr. Reid, 68. Abernéssia. Campos do Jordão/SP

QUANDO: segunda a sexta, das 10h às 18h. Até dia 29/07

Grátis. Informações: Tel: (12) 3662-5511 e 3662-2611

www.facebook.com/cineclube.araucaria / www.cineclubearaucaria.org

 

Comments are closed.

SIB NEWS

Para ilustradores, artistas plásticos e gráficos, estudantes, professores, arte-educadores e interessados em literatura para crianças e jovens. De 31/05 a 2/06, das 19h às 22h, no Espaço das Três, na capital paulista. Inscrições abertas até 29/05!


A autora e ilustradora brasileira foi premiada na categoria Purple Island, do Nami Concours 2017, pelo livro Sem fim (Positivo). Parabéns pela conquista!


A entrega dos certificados será durante a cerimônia de abertura do 19º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens, em 21/06, no Rio de Janeiro. Parabéns a todos!


A Ajudaris, associação particular de carácter social (Registo de IPSS 06/09), de âmbito nacional, sem fins lucrativos, considerada de utilidade pública desde 2008. Desenvolve vários projetos de intervenção social com vista…


Após receber um total de 41 inscrições, a FNLIJ tem o prazer de divulgar a lista dos ilustradores e livros selecionados para a Bienal de Ilustrações Bratislava de…


ver todos